sábado, janeiro 20, 2007

Tal como as máquinas...

... as crianças tb, têm sempre razão.

Sinto que estou aos poucos a sair de um ano de tristeza, solidão e amargura.
De um ano cinzentão.
De um ano em que tudo parecia difícil e impossível.
De um ano em que as coisas pequenas do dia a dia se tornaram pesadas e densas.
Não que alguma coisa se tenha alterado, a não ser eu. Alcanço alguma serenidade num passo (minuto... pois um dia ainda é muito tempo) de cada vez, retirando o peso que eu própria colocava no que já é complicado de gerir.

Hoje descobri que a minha filha apenas precisa de sentir o meu perdão e segurança. As birras foram pontuais e céleres. Para quem me conhece sabe que têm sido um tormento ou... que as tenho visto assim.

Ela é uma companheirona!
Ama-me...

Hoje: Faz-me rir e desconcerta-me.
Dá-me mimo e apoia-me.

AMO-A MAIS QUE A VIDA!!!!

14 comentários:

Estrunfina disse...

(Sorrisooooooo...dakeles de mãe)

Maríita disse...

E ela está tão crescida, tão grande, tão menina...

Beijinhos para as duas

anonimo disse...

eu também tenho uma menina muito linda!
adoro comprar-lhe roupinha e sapatos ou botas.
por vezes até lhe escolho o carrito!
como vão longe os tempos em que lhe mudava fraldas!

Mãe Galinha disse...

é tão bom sentirmo-noa amadas, não é? A minha gatiha desalmadamente para mim e sobe-me pelas pernas a dizer mamã... mamã... mamã!!!!!!!!!!

Andorinha disse...

Nunca vais estar só. E vais ver que também é isso é bom. E à medida que ela for crescendo vai aprender as manhãs à Mãe e vais ter todo o espaço do mundo!E ela vai continuar a amar a Mãe marada e centrada que tem. Como não?! ;) Bjs

anonimo disse...

atão essa gripe?

Mamaíta disse...

É bom ler-te assim. Segura de ti. Dos teus sentimentos. Do amor que sentes pela tua filha.

Beijinhos :)

P.S.- Adorei ler este cantinho!

DIV de divertida disse...

ESTRUNFINA:
:))))

MARÍITA:
é verdade... qq dia já nãó é a bébé...

ANONIMO:
pois...pois...

MAE GALINHA:
eheheheh
essa fase é linda!!!
(mas, por um lado, ainda bem que já a passei. gosto mto mais desta em que dá pra conversar e ficare spantada com as aprendizagens!)

ANDORINHA:
Aprender a dormir de manhã aos fds é baril!!
essa do marada e centranda tem muito que se lhe diga... do you mean??

ANONIMO:
Qual gripe?
o menino quer partilhar??...

MAMAÍTA:
Obrigada pela visita!
Andas desaparecida... passa-se alguma coisa?
beijocas

migvic disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
migvic disse...

Por acaso é estranho, que no principio desta semana, ao deitar-me, senti, depois de me aconchegar bem, um prazer enorme por estar ali na cama.

Houve um dia que pensei, "gostava que este momento durasse para sempre", de tão bem que ali estava, depois de me ter deitado de lado com a cabeça encostada a duas almofadas e debaixo do edredon no quentinho.

Ontem ao deitar, já não senti o mesmo, apesar de estar no mesmo sitio. Estava no bem bom, como sempre, mas aquela sensação de prazer ao adormecer já não foi a mesma.

Estranho, porque o que senti em três noites seguidas, nunca me lembro de ter sentido, assim tão intensamente.

Desculpa lá, não quero fazer disto um consultório.

Quanto aos miudos, estou sempre a reclamar do barulho, mas não sou capaz de estar um dia sem eles.

Neste Sábado, vou fazer um esforço para me levantar cedo, estilo 10:00 - para lhe ir mostrar um castelo a sério.

DIV de divertida disse...

MIGVIC:
Eu diria que tudo depende da nossa disponibilidade interna... E olha que sei bem como ela pode ser nula.

JBMoura disse...

Oi
Eu tenho 2 meninas e sem dúvida são as minhas companheiras...
Ás vezes fazem birras, às vezes apetece-me fazer-lhes nem sei bem o quê (de chateada que fico...), mas quando olho para aquelas carinhas... palavras para quê...
Beijinhos
Júlia

DIV de divertida disse...

JULIA MOURA:
Vou contar-te um segredo: delicio-me tempos infinitos a olha-la a dormir e todas as vezes exclamo com doçura: "meu anjinho...!"
Bom, vou dar-lhe o leitinho.
beijocas

AlfaBeta disse...

Os nossos filhos merecem todos os mimos que lhes possamos dar, afinal eles saõ o nosso mundo e os pais o mundo deles, feliz dia