quarta-feira, setembro 19, 2007

Cenas de uma mãe cansada

Devo andar com sangue de barata... ou sem sangue mesmo.
Pouco ou nada reajo quando a pirralhita de 3 anos acabados de fazer me desafia:
- Se não comeres, não sais da mesa. A escolha é tua.
- E saio! Não vou comer e saio!

ggggggggggggggggggggrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!

Acaba por ficar 1h e meia mas não come mesmo e cansada de a ouvir gritar este tempo todo, acabo por a tirar de lá e mete-la na cama.

Ontem (fora ontem é todos os dias) esteve das 20.45h (altura em que adormeceu no carro ao chegar a casa e mete-la na cama, acabando por acordar...) até às 22.15h na cama para adormecer!!!!!!!!!!!!!!
Ele foi estórias, ele foi deitar-me ao lado dela, ele foi fingir que estava a dormir, ele foi ralhar... Nada adiantadou. Acabou por adormecer sozinha, mas a chorar.
Mas... não se apressem nos comentários. Resta dizer que isto é diário desde há 1 ano e meio!!
Fico num stress desgraçado todos, mas todos, mas todos os dias!!
Xiça! não está fácil!!!!

Firmeza?! é o que acho que tenho e às vezes demais.

10 comentários:

lua disse...

Compreendo-te mt bem! Embora os meus 2 pimpolhos já mais cresciditos, foi um tormento em pequenos para adormecer e para comer (e ainda hoje é um pouco assim)... Até aos 7 anos tive de adormecer sempre com eles...e para comerem, era um teatro a todas as refeições... Não te culpes tanto...eu ficava desesperada por ver que os filhos das amigas comiam tão bem ("até tenho que lhes esconder comida") e adormeciam sós a horas decentes...
Mas cada criança é diferente. O que custa mais é fazer isso só, depois de chegar a casa exausta com um dia de trabalho em cima e sem paciência... Só te posso desejar mt força!!!

Beto disse...

será k isso nao faz parte ? :)

Andorinha disse...

Não fosses touro e p'ra teimar são preciso dois...
Mas tenho um truque pra ti...liga-me q eu conto-te! Beijos!

Maríita disse...

É pá, estou com a Andorinha, tu teimas e ela, leão teima também, está claro.

Eu tenho um truque, não a obrigues a comer, mas também não lhe dês comida nenhuma fora das refeições, works every time! Quanto a dormir, esquece, ela é tal e qual o meu irmão, deixa-a andar mas no dia seguinte arranca-a da cama. Ainda hoje o Luís tem uns horários que são só dele e consegue fazer directas atrás de directas.

Noutra ordem de ideias, ontem estive a falar com a outra menina da terapia taurina, a próxima é depois das férias dela, jantar pizzas e sobremesa pizza de chocolate, eu debico das vossas ou como outra sobremesa.

Beijos enormes, gigantes, amigos e muita força!!!

Maríita disse...

P.S. - Podes sempre mandar-me a pimpolha, eu adoro-a!

maria disse...

Quando é assim, é sempre um stresse.. Há que tentar manter a calma..

bjnho

Anne Marie disse...

Olá!
Imagino o panorama, por isso percebo que estejas farta... temos de arranjar uma solução, é certo! Gostei dos conselhos da Maria! :)
Na próxima terapia taurina vai ser um assunto na agenda!
Ah... e sobre o curso, podemos ajudarmo-nos mutuamente a procurar outras hipóteses... estou com vontade de voltar a estudar :)
(sim, o curso de palhaço é um hobby!)
Beijos, amiga!!! Força!!!
PS - fiz 2 dias seguidos de reiki... estou incrédula ;)

DIV de divertida disse...

Lua:
Tens razão... o que custa mais é fazermos tudo isto sozinhas.
Tenho a certeza que a formação dela depende exclusivamente de mim e tento dar sempre o meu melhor, mas qd somos apenas as duas, o aliviar das cenas é impossível.
Não me posso queixar muito. Quando tenho jantares do serviço tenho de a levar por razões óbvias e toda a gente fica encantada com o facto de se portar lindamente e até janto em paz!
Mas... isso acaba por ser à custa de tanto ralhete em casa.
Força pra ti tb!

Beto:
Pois... faz parte...
Se o menino tivesse filhos e tivesse de ter um tormentozinho destes todos os dias aposto que não diria isso.
Lá chegará o tempo, nao é?
(educar os filhos dos outros é sempre fantástico. aos meus sobrinhos basta que eu lhes abra mais os olhos. A minha?! xiça!...)

Andorinha:
Bons olhos a vejam!!!
Olha outra sem filhos a falar da minha teimosia!...
Se o teu truque resultar mesmo até te dou um beijo na testa!
sim, temos de combinar um cafezinho.
beijos de saudade.

Mariíta:
pois... daí eles gostarem um do outro!
E lá achas que sou de lhe dar comida fora das refeições? isto não é defeito, é mesmo feitio!
Filha de touro e carneiro, o que achas que devia dar? só leão mesmo... e de calibre elevado!
Terapia taurina? fixe!
hhhuummm esse jantar já me deixa água na boca... quanto tempo falta?!
Levo-a aí concerteza! não esperes pela demora! ehehe

Maria:
A quem o dizes... e calma é o que procuro insessantemente.
Um dia de cada vez, não é?! o que quer dizer que tb temos de aturar uma birra de cada vez! isto é uma boa notícia!

Anne Marie:
2 dias de reiki??!! que máximo!
eu nem recomecei.
Mas acredito que os que fiz me estão a servir agora. Mais calma e com uma capacidade imensa de tolerar.
beijos mtos e boas férias! (tou cheia de inveja!)

Anónimo disse...

Andorinha, conta aqui o segredo!
Há mais quem "mães cansadas" a quererem saber....

i disse...

Sei como te sentes!:o) É mm uma sensação corrosiva, não é? Sentimo-nos impotentes/incompreendidas por eles não entenderem que só lhes ralhamos pelos melhores motivos! Tenho uma pirralhita igual em casa... faz 3 anos agora em Outubro... e tb tá com a mania das respostas:"Olha que a Mãe dá tau-tau!" e logo" Tu é que levasss! e ficas de quistigo e não falo mais cótigo!"... isto com cara de poucos amigos e dedo em riste! LoL!
Mas é bem verdade o que já aqui disseram: qd faz fitas para dormir - após 1 ano de aprendizagem tb a solo - agora não me incomodo. Ela acaba por não resistir ao cansaço e adormece no sofá, deitada nas minhas pernas. Claro q no dia seguinte de manhãzinha se queixa do sono, e é qd lhe digo que tem que ír para a cama mais cedo! (e às vezes resulta porque ela pede mesmo para ír!)
Em relação ao comer, de momento não temos problemas, mas já tivemos!:o) O pediatra disse para não insistir se não quiserem comer à refeição e para não lhes dar rigorosamente nada para comer (só beber) se tiverem fome fora das refeições. Numa semana ficou tudo esclarecido!:o)
Temos que ter MUITA paciência! Ser Mãe, como muitas vezes digo - é a MELHOR coisa do mundo, mas é difícil!;o)
Força, coragem e sobretudo muita calma e paciência!