terça-feira, junho 05, 2007

Voz

Dou bastante importância à voz em geral.
Fico prefeitamente rendida a uma voz sensual e quente e não apenas quando me falam ao ouvido.

Tem de ser melódica, grave, firme, quente e sem grandes oscilações.
Não pode ter ruído nem ser arrastada. Nos homens não pode ser aguda.
Tem de demonstrar segurança e alma. (Tive uma paixão que começou com a voz ao vivo e a cores. Fechava os olhos para me concentrar na melodia, nos tons, na serenidade...).

Quando por questões de trabalho apenas contacto telefonicamente determinada pessoa, brinco imaginando-a: Loura ou morena, tipo de cabelo com ou sem gel, sorriso, altura, olhos e mãos, dinâmica na interacção, forma de vestir.
Claro que na maioria das vezes a figura nunca corresponde ao imaginado e acho piada às fantasias elaboradas.
Reconheço com facilidade uma voz mesmo que pelos anos a figura não coincida com a lembrança.

A voz é sem dúvida um verdadeiro afrodisíaco!
Deveria ser obrigatório aulas de canto para melhor colocação da voz.

3 comentários:

deKruella disse...

A voz...é a apresentação da pessoa...realmente uma voz bonita também me chama muito a atenção. Uma voz segura faz-nos ter prazer em conversar com "ela"!

migvic disse...

Não só a voz mas a entoação e a forma de falar.

alguém+ neste mar d gente... disse...

epa é verdade! conheço um rapazinho mt giro k ao primeiro telefonema m deixou d rastos... tinha a voz aguda :| k decepçao. nsei s posso combater isso