domingo, fevereiro 18, 2007

Pronto. Já Está!

Um dos meus tormentos de criança (1º ciclo) era quando o meu irmão (mais velho 5 anos) aproveitava a presença de outros para me envergonhar contando verdadeiras derrapagens no português, ditas cá pela menina.
Ficava furiosa!! Apetecia-me arranhá-lo de raiva! Mas como bem educadinha, sorria e não me desmanchava.
Está na hora de exorcizar estes terrores - partilhando-os!

Numa visita ao jardim zoológico, vinha toda contentinha para partilhar o que tinha visto. Entre os mais diversos animais encontravam-se "... os piquiritos!" (aqui começou a colecção do desgraçado...).

Em casa da tia L. vi-a pegar num fervedor com pega de madeira sem se queimar. Exclamei deliciada quando cheguei a casa "A tia tirou um curso de quentura!" (ora, a minha mãe tinha de usar uma pegas para o mesmo efeito..., compreende-se não? A serralharia nunca foi o meu forte.)

Um dia a minha bela e deliciosa professora faltou porque os pais ficaram doentes. Sendo uma das nojentas alunas predilectas (ehehe), telefonei-lhe (azar. o meu irmão assitia ao telefonema) e fiquei tão ansiosa por lhe falar que me troquei toda "... era para saber se os seus pais estarem melhores".

LOL

Podeis não acreditar mas eu até rezava para o anormal do meu irmão não se lembrar de tais episódios.

4 comentários:

Araj disse...

"... era para saber se os seus pais estarem melhores".
Desculpa, mas esta está do melhor...
LOL

Pitucha disse...

Mas agora aposto que sorris cada vez que te lembras de tais episódios! Olha eu ri!
Beijos

Maríita disse...

Bem, um dia telefonou-me um rapaz em que eu estava interessada e o meu maninho, sete anos mais novo, disse-lhe que eu não podia atender que estava na retrete...

Beijocas ainda hoje envergonhadas com tais episódios.

Kruella disse...

Deixa lá moça...que eu ainda hoje digo cada bacorada...e já tenho idade para saber o b-a..ba!